Visitas institucionais marcam passagem de empresas japonesas por Curitiba

2013年05月 17日 Posted in ブラジル
Visitas institucionais marcam passagem de empresas japonesas por Curitiba

Nesta semana, representantes das empresas japonesas Hioki E. E. Corporation e FMO Co., Ltd. estiveram em Curitiba realizando uma série de visitas institucionais a institutos tecnológicos, secretarias e empresas privadas.

Tendo por objetivo familiarizar-se com as potencialidades econômicas do estado, ambas as empresas foram assessoradas pela Câmara do Comércio e Indústria Brasil Japão do Paraná, num trabalho conjunto que começou a ser arquitetado com um mês de antecedência em parceria do escritório da entidade no Japão, representado pelo diretor Satoshi Tsuda.

Sobre as empresas

Fundada em 1935, a Hioki está sediada na província de Nagano e conta com distribuidores (parceiros comerciais) em todo o mundo, além de filiais em países como os Estados Unidos, Índia, Cingapura e China, manufaturando medidores e soluções voltados à pesquisa, desenvolvimento e manutenção da rede elétrica.

De acordo com o representante da empresa durante esta curta estadia no país, Takashi Onuma, a intenção da empresa é ampliar sua participação na América do Sul, onde a marca já é representada no Chile, Argentina e Brasil.

Já a FMO. Co., Ltd. possui mais de uma década de experiência na mediação de negócios Paraná-Japão, sendo uma das principais empresas de consultoria empresarial instaladas no município de Ueda, região de Nagano.

Visita ao Consulado Geral do Japão em Curitiba

O início das atividades no Paraná foi marcado pela visita ao Cônsul Geral do Japão para a região Sul, Yoshio Uchiyama.

Na oportunidade, ambas as empresas apresentaram os seus portfólios de atividades ao consulado, reforçando a importância estratégica do Paraná para o fortalecimento das relações comerciais bilaterais.

Chancelado pelo presidente da Câmara, Yoshiaki Oshiro, o representante da Câmara no Japão, Satoshi Tsuda aproveitou a oportunidade para colocar-se a disposição do governo japonês no que diz respeito ao desenvolvimento de novas linhas de atuação perante o capital privado japonês, sobretudo localmente, ratificando o interesse da entidade (em parceria da FMO. Co., Ltd.) em constituir novos roteiros estratégicos de negócios, antecipando contatos e facilitando os diálogos comerciais pré-estabelecidos.

Visita ao LACTEC

Visita ao LACTEC

Recebida pelo presidente Omar Sabbag, a comitiva participou na quarta-feira, 15, de visita técnica onde foi apresentada a vários projetos e programas executados pelo LACTEC, em especial aos elaborados para o setor energético como é o caso do Smart Grids Light, celebrado em parceria da Light, concessionária do Rio de Janeiro na qual o instituto desenvolve medidores inteligentes ou “smart meters” que auxiliam na prevenção e/ou desvios de energia no referido estado, que segundo dados da própria empresa chegam a quase 30%.

Segundo Sabbag, as portas para o Japão encontram-se abertas e o diálogo tem sido produtivo. “Este trabalho de aproximação institucional proposto pela CCIBJ do Paraná é importante e tem trazido resultados ao estado. A nossa participação (do Paraná) em seminários ou visitas técnicas ao Japão, principalmente em temas ligados a energia, contam com este suporte provido pela entidade. Temos interesse em manter este canal aberto e em franco desenvolvimento” disse.

Visita a SETI

Realizada na manhã da última quarta-feira, 15, a visita à secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI) foi marcada por um debate mais amplo. A reunião, norteada pelo secretário Alipio Leal não só discutiu temas ligados ao setor energético, mas a atração de empresas de outros setores e que poderiam contribuir consideravelmente com o desenvolvimento de projetos nas áreas da saúde (constituição de próteses) e têxtil.

O secretário também enfatizou a importância da Câmara na mediação de assuntos que demandam uma participação mais efetiva do Japão, como no caso do intercâmbio entre universidades. “Existem universidades do Paraná interessadas em comporem acordos de cooperação com o Japão e demais países. Para tanto precisamos alinhar o discurso, debater interesses e chegar num consenso polarizador, que traga resultados concretos para a comunidade. Desta forma, esperamos contar com a mediação da Câmara para darmos seqüência aos temas debatidos” concluiu.

Visita a COPEL

No mesmo dia (15) a comitiva também foi gentilmente recebida pelo superintendente da Diretoria de Distribuição da COPEL, Helder Barroso. A reunião serviu para o debate de temas mais amplos, como a qualidade da energia brasileira e o desenvolvimento de novas energias, além da apresentação dos mais recentes produtos e soluções oferecidos pela Hioki ao setor energético.

A COPEL já utiliza alguns equipamentos da empresa, que segundo Barroso, são de boa qualidade e atendem as mais exigentes especificações técnicas do mercado. “Há anos nossa empresa utiliza os produtos da Hioki e os resultados sempre foram satisfatórios. Por isso é um prazer receber o Sr. Onuma em nossa sede, dando sequencia a esta relação de confiança” disse.

Visita a UTFPR

Visita a UTFPR

Finalizando as visitas agendadas para o dia 15, os empresários japoneses visitaram a sede da UTFPR onde foram recebidos pelo Pró-Reitor Adjunto, professor Carlos Henrique Mariano.

A comitiva teve a oportunidade de conhecer toda a estrutura da universidade, em especial os laboratórios de elétrica e eletrônica, principais ramos de atuação da Hioki. Na oportunidade, Mariano defendeu a importância do estabelecimento de um intercâmbio de conhecimento com o capital privado japonês através da constituição de parcerias. "Esta aproximação com empresários japoneses - interessados em fomentar uma possível troca de experiências com as universidades locais - é muito positiva, pois o país (Japão) ainda encontra-se na vanguarda de diferentes segmentos e setores, sendo de extrema importância a realização de um trabalho em consonância" relatou.

Visita ao TECPAR

Visita a UTFPR

Na quinta-feira, 16, foi a vez do TECPAR receber a comitiva da Câmara. Recebida pelo diretor de Tecnologia e Inovação, Guilherme Zemke, e pelo representante do Centro de Energias Renováveis, Bill Costa, a comitiva acompanhou de perto os trabalhos desenvolvidos pelos centros de Medições Industriais; Engenharia de Sistemas Inteligentes; e Energia.

Para Onuma, a visita foi positiva. “O know-how técnico do Paraná em determinados setores nos surpreende positivamente. É muito importante para nós da Hioki nos situarmos e conhecermos este trabalho, que com certeza não só eleva as potencialidades econômicas do estado, mas nos faz deslumbrar novos caminhos e possibilidades”.

Visitas ao capital privado

Visitas ao capital privado

A comitiva da CCIBJ do Paraná também realizou visitas técnicas e institucionais a empresas privadas da região. Elco Engenharia Elétrica, Elcosul, Calibratec, CM Engenharia Elétrica, Grupo Hubner, PCI Paraná, CCM do Brasil e Denso do Brasil também receberam gentilmente os empresários japoneses, que enalteceram a qualidade do atendimento e a atenção dispensada por todos durante a estadia na capital paranaense. “Agradecemos mais uma vez o apoio integral concedido pela CCIBJ do Paraná durante esta nossa rápida e curta estadia em Curitiba. Gostaríamos ainda de estender os nossos sinceros agradecimentos a todos empresários e autoridades que nos receberam tão calorosamente. Esperamos vê-los em breve no Japão para que possamos retribuir este imenso carinho e atenção” relatou Satoshi Tsuda, chefe da missão.

NEWS一覧